sexta-feira, 13 de junho de 2008

la roue, tourne!

Desculpas aos viajantes à Camelot pelo texto abaixo não conter lições, frases ou qualquer das outras coisas admiráveis que dizem conter nos demais.Mas, se souberem, podem achar mais do que isso no que escrevo aí logo abaixo.

Depois das truculentas e esmagadoras semanas vejo que, aos poucos, posso viver sem 4 ou 5 pessoas. E vi que quando algumas se vão outras aparecem preenchendo alguns vazios - que deixariam Lacan de cabelo em pé. "Quem não me ama, não me merece", Anita grita isso nos meus ouvidos todos os dias. Posso finalmente conhecer outros planetas, sem flores, vulcões e afins. E o melhor, não me faz falta. Não preciso de pessoas que me evitam quando estou mal e não posso animar suas noites como um bobo da corte. Agora a prendi a ser como a maioria, dizer 'te amo' sem amar, dizer que sinto saudades sem sentir - aprendi a ser egoísta. Isso é muito bom.
Sei que vão me chamar de idiota e de um monte de coisas, e já dou risada por antecipação.
As três pessoas que fizeram de tudo pra me irritar, não irritaram e hoje se revoltam comigo por ter sido indiferentes à elas.
Sinto por não ter sido engraçado, porque não ter um Visa Electron ou por não ter ficado chateado pelo bolo que planejaram me dar. Sinto por ter me divertido, rido, fumado e bebido sem precisar de ninguém ali. Como achavam que eu dependeria.
Pra falar a verdade eu não sinto mesmo. ha ha ha. Tô sendo irônico. Acho engraçado.

5 comentários:

Victor Moraes, disse...

hahaahahahahaahahahahhaahhaha
hahahahahahahahahaahahahahaha
ahahahaahahahahahahahahahahah

amanda lee jones disse...

isso me lembra uma coisa que me disseram há alguns meses:

'pra quê viver esperando
se o mundo reside dentro de você?'

Victor Moraes, disse...

o universo inteeeeiro!
adorei a frase Man!

Dan Souza disse...

Só espero que depois d aprender a dzr 'te amo' sem amar, vc não tenha esquecido como se ama!
E espero tb q vc ainda sinta MUITAS saudades verdadeiras!

BjuxxX

Victor Moraes, disse...

Daani, claro que você não se inclui nisso.
saudades e amor de verdade!