terça-feira, 19 de agosto de 2008

Cem


Bom, esse é o centésimo texto do Diário de um Príncipe Hipocondríaco. Lembro-me dele ter outro link e ter sido aberto só pra salvar um texto a qual eu havia posto num perfil e não queriam que eu retirasse. Em seguida algumas fotos - já excluídas.
Nunca achei que blogs pudessem trazer mais noticias do que um desses [milhões] de sites pode aí. Resolvi então que ele seria tão pessoal quanto um diário, tão real [no sentido mais nobre da palavra] quanto de um príncipe e tão dramático como o de um hipocondríaco temendo a morte.
Daí então, mais precisamente no dia 20 de dezembro, abri as portas de um reino para torna-se 'público'. Depois disso falei de saudade, boemia, tempo e até lama. Falei da pior parte da minha vida e da sua recém guinada. Uma dessas páginas já foram alvos de muita polêmica no mundo, digamos assim, real [no sentido mais chulo dessa palavras]. Coisas que não se desfizeram mais. Assim, pelo que há de ruim e de bom aqui - é que digo que criei 100 grandes marcas em vidas.
Aqui jaz todos os meus devaneios. Posso voltar ao passado, reler e vê o quanto pude mudar em tão pouco tempo. Quantas formas de pensar!
Bom, era isso. Vim soprar as velinhas. 100 delas.


18 comentários:

Alcione Torres disse...

Parabéns pelo 100º post! Que venham muitos mais por aí!

Novo desafio no ar!
http://sodesafio.blogspot.com/

Jéssica Lopes disse...

Parabéns !

O blog é uma forma bem pratica de dividir a vida com estranhos , mais sinceramente eu gosto disso .

Abraços

mateusbonez disse...

Parabééns *-* Já senti essa emoção asksaoksaoksa, é mara (cmo diz o pessoal tongo da net)KOSAKSAOOKSA.

Passa no meo :DD
Abraços :D

http://tiomah.blogspot.com

Marina disse...

Acabo de chegar e de pensar seriamente em ler os 100 posts. Sua maneira de escrever me agrada. Parabéns pelo feito.

Abraço.

Boby disse...

rapaz , quem pensa que a juventude é transviada tem que ler mais os blogs da vida.
Vão ficar surpresos com nossos jovens.

Parabêns pelo 100 vou acompanhar de perto
VOU GANHAR UM MILHÃO

Wellington Holanda - Formula 1 disse...

Que texto perfeito cara. *-*'

Prof. Vaz disse...

Parabéns pelos 100 posts!
Manter um blog com tantas postagens exige muita dedicação!

Encontrei textos surreais aqui!

[]

Vaz

Juka disse...

*-*

Xplosion disse...

Opa parabens! Eu ainda chego a 100 posts, a e obrigado por comentar no meu blog..
abraçO!

Brúh disse...

ParabééénS lol lol lol

Não é todo mundo que tem 100 idéias totalmente distintas para deixá-las escritas e possibilitar a leitura do publico!

bjus

bruna f. disse...

chegar a cem é uma grande façanha, victor. te dou os parabéns :)
tu escreve maravilhosamente bem

May-Chan! disse...

Me aventurei pelo google a procurar "fé me pó" (sim, fui guiada pelas letras de Fernando Anitelli) e me deparei com seu blog (inclusive comentei no post, olha lá depois!.
Não pude ainda ler os 100 posts, mas concordo com a Marina, sua maneira de escrever me agrada!^^
Bom, parabéns! O blog nos permite se expor um pouco, e isso é bom, acredite!

Beijos.

Le Petit Prince disse...

Parabéns pelo 100º post.
Espero um dia tbm chegar lá.
E fico feliz de ter comentado, naum como bodegadosmith.com mas como pekenoprincipee.com, em alguns post's seus.
Bye


http://www.bodegadosmith.blogspot.com/

Dan Souza disse...

Pode ter certeza que seus textos marcaram muitas pessoas, mas me marcou muito mais do que a muitos, pq várias dessas pessoas que aparecem por aqui não conhecem metade do príncipe que vc é, elas não conhecem nem um terço da tua realeza.
É tão bom chegar aqui, ler seus textos e saber pq vc escreveu, sobre o que você está falando e sei que isso é só para raros, por isso eu me sinto no direito de me sentir importante.
Parabéns pelos posts, meu filho, meu príncipe e acima de tudo, meu amigo!

Eu te amo!

Rα i sα ~ disse...

Ah, e vida longa ao teu talento e teu blog. Isso aqui é dádiva [do Nilo].

Rα i sα ~ disse...

Eu não ia comentar aqui. Andei me sentindo fora do contexto de Camelot ... andei, também, com ciúmes de todos esses que acampam nos jardins do teu castelo, falam da grama e dos cavalos, mas não sabem - e nunca vão saber - do que se passa na Távola, no quarto real. Tive ciúmes de todos que aqui chamaram você de príncipe. Dan me entende. Mas, entendendo Dandara, eu pude ver algo maior. Nada aqui é sobre o que há na superfície, que é sincera ... mas é dom de iludir. Tudo em você se sente em profundidade, na raiz ... e eu agradeço a sorte de estar no chão e te ver nascer, florir na primavera e receber tuas folhas no outono. É sorte estar na sua sombra nos verões. Neste inverno, parece que as tuas folhas não querem me dar abrigo ... e, não concordando, eu entendo. É que até quando finjo não compreender, eu entendo cada uma das palavras - que você não diz. Você é realmente e tão somente pra raros. AINDA BEM QUE VOCÊ VIVE COMIGO! Já disse, eu amo ler as suas entre-linhas. Eu amo você, Victor. Meu irmão, meu MELHOR amigo, meu homem. Eu te dedico, meu rei.


só pra constar: POR QUE A GENTE É ASSIM? :)

Elton Rosa disse...

uhul man, 100 posts?! o.O putz... nunca tive paciência com blog, já apaguei um monte... vai se dar bem quando entrar na facul... nada melhor pra treinar um jornalista que blog.

movies disse...

opa!
parabens pelo 100 post :DDD
mtu bom o blog


http://dancmusic.blogspot.com/